A Lei dos 4 Emes - Para um bom Planejamento - Conceitos iniciais.

Imprimir

 
Nívio Terra, Advogado e Consultor Pessoal    
 
  Você já pensou em montar um negócio? Ou colocar no mercado algum produto ou serviço? Ou, ainda, resolver uma pendência societária ou familiar? Mil e uma questões surgem à frente, impedindo um pensamento lógico de qual a atitude tomar. Quais providências devem ser seguidas.
Essas dificuldades nos levaram a pesquisar e criar uma seqüência lógica, onde cada atitude é pensada e colocada em ação no seu devido tempo.
Partimos do raciocínio de que toda ação humana necessita ser sistematizada, desde o nascimento da idéia até a sua concretização e correta execução contínua.
A obediência a um roteiro pré-estabelecido é o caminho seguro para que possa ser obtido o melhor resultado. Nem sempre, todavia, é obedecida uma determinada seqüência para a consecução da meta pretendida, o que leva a desastres, adjetivados como imprevisíveis.
Mas, na realidade, ocorrem por falta de um procedimento lógico.
Visando ordenar esse procedimento, criamos a Lei dos 4 Emes - Para um bom Planejamento, até mesmo para facilitar a memorização das diversas fases em que se divide essa sistematização, apropriada ao cérebro humano, cada qual com sua prática bem definida.
A Lei dos 4 Emes é o jeito de até nortear a simples curiosidade humana para sua transformação em efetivo conhecimento.
A Lei dos 4 Emes - Para um bom planejamento compreende quatro etapas designadas por Maturação -Metodização - Materialização e Melhoração.

Maturação
Momento da criação da idéia; é o nascimento da ação pretendida. Ainda é uma fase em que a intenção é fixada de uma forma egoística. O pensamento surge porque interessa predominantemente ao seu autor. O que não é errado, como, oportunamente, demonstraremos.
Metodização
Momento quando a intenção começa a se organizar, a regular aquela idéia disforme. O sentido egoístico começa a se transmudar para um conceito consensual, comunitário ou até corporativista. Materialização
Momento quando a intenção toma verdadeiro sentido; passa a existir no mundo fático, real. É a ação criativa de um produto ou serviço.
Melhoração
Momento do acompanhamento da evolução do produto ou do serviço, em sua fase executiva, mas sempre recorrendo aos estágios anteriores, seja para conserto dos desvios da rota traçada, seja para o aprimoramento do produto ou do serviço ou de seus sistemas aplicativos.
Uma leitura rápida não comove, de maneira a mostrar a utilidade da Lei dos 4 Emes. O lançamento ao público é feito, com simplicidade, neste instante e na oportunidade em que o CCE - Centro de Cultura Empresarial inicia a sua atividade de levar informação cultural de uma forma prática aos empresários . Os seus conceitos, todavia, já foram lembrados em vários Temas examinados no livro Meu Sócio, Meu Amigo - Como Evitar Atritos Societários. Oportunamente, voltaremos com mais esclarecimentos e exemplos, ocasião em que o leitor se surpreenderá como a clareza dos conceitos relativos a cada etapa torna mais fácil o arredondamento de soluções para pendências antes julgadas intransponíveis.Enquanto isso, quando o leitor for desenvolver alguma idéia, procure cogitar da plicabilidade das etapas enunciadas, de tal forma que seja atingida uma seqüência de começo, meio e fim. Ainda que deixe de lado o uso dos nomes que criamos para esses estágios da ação humana.

--------------------------------------------------------------------------------
COPIE, MAS CREDITE O AUTOR E A FONTE. SUA ÉTICA SERÁ O FISCAL DESTE PEDIDO.
--------------------------------------------------------------------------------
 
 
 

Contato

Nívio Terra - Advogado de Negócios e Consultor Pessoal
nivio@PortaldoSocioedaSociedade.com.br
nivio@terracpe.com.br

Credite a fonte

O CONTEÚDO DO PORTAL DESPERTOU INTERESSE, COPIE, MAS CREDITE A FONTE. SUA ÉTICA SERÁ O FISCAL DESTE PEDIDO.
Copyright 2011 A Lei dos 4 Emes - Para um bom Planejamento - Conceitos iniciais. - Joomla