O QUE É CAPITAL DE GIRO LÍQUIDO? - Prof. MSc. João Baptista Sundfeld (*)

Imprimir

Prof. MSc. João Baptista Sundfeld (*)

 

Volto ao assunto porque em trabalho recente de recrutamento e seleção de um executivo para assumir a Gerência Administrativa Financeira de uma empresa cliente da Sundfeld & Associados – Gestão Empresarial, perguntei a todos os candidatos sobre o significado do título deste artigo e fui surpreendido com a quantidade de respostas equivocadas.

 

 Na verdade, todos os candidatos tinham formação e diploma superior em Administração de Empresas. O total de currículos escolhidos, num universo de 40, foi de 10 pessoas chamadas para entrevistas e, apenas duas dessas pessoas responderam corretamente à pergunta.

 

Quando perguntei a seguir – qual a composição do Capital de Giro Líquido, apenas uma respondeu com acerto. Fiquei pasmo, porque a experiência demonstrou que nossas faculdades estão formando e diplomando profissionais sem a mínima condição técnica para se apresentarem como “administradores de empresas”.

 

 A partir dessa constatação, decidi escrever sobre o assunto, para colocar à disposição daqueles pretendentes a administradores de empresas uma parte dos conhecimentos requeridos para o exercício de tão importante profissão, que tem os Conselhos Regionais para registros de diplomados.

 

O Capital de Giro Líquido de qualquer empresa é formado de Ativos Circulantes menos os Passivos Circulantes. Por essa definição, intui-se que o profissional da área, necessita de conhecimentos mínimos da Ciência Contábil para estar capacitado a analisar o assunto, pois precisa conhecer toda a composição do Balanço Patrimonial e da Demonstração de Resultados de uma empresa. Para esclarecer eventuais dúvidas, detalhamos a seguir a citada composição.

 

São Ativos Circulantes as rubricas de Caixa, Bancos, Aplicações Financeiras, Duplicatas, Contas a Receber e Estoques. Em uma indústria, estes últimos são compostos pelas Matérias Primas e Materiais, Produtos em Processo e Produtos Acabados.

 

 Já quanto aos Passivos Circulantes, estes são compostos pelas rubricas de Fornecedores, Contas a Pagar, Folha de Pagamento, Encargos Sociais, Impostos e Dívidas com vencimento até um ano.

 

Ativos e Passivos Circulantes são considerados de Curto Prazo, significando os recebíveis e pagáveis no período de até 12 meses. Eventualmente, dependendo do segmento em que atua a organização, poderemos acrescentar rubricas específicas.

 

A liquidez ou a capacidade de a empresa honrar seus compromissos de Curto Prazo será calculada de acordo com o conceito adotado, ou seja:

 

     
  • Liquidez Imediata: consideram-se somente os disponíveis em Caixa, Bancos e Aplicações de liquidez imediata, confrontados com o total do Passivo Circulante.
  •  
  • Liquidez Seca: excluem-se os Estoques dos Ativos Circulantes. A explicação para adoção dessa metodologia é que as Matérias Primas, Produtos em Processo e Produtos Acabados, têm prazos diferentes de conversibilidade em moeda de valor disponível, devendo ser consumidos, terminados e vendidos para serem considerados líquidos.

 

As análises do Capital de Giro permitem à empresa avaliar suas políticas de preços, custos, prazos de recebimentos e pagamentos, volumes e lucros. É item obrigatório no planejamento estratégico.

 

Outro índice que requer atenção especial do administrador financeiro é o Índice de Endividamento Geral, medido pelo Passivo Exigível Total, dividido pelo Ativo Total. Em geral, quanto mais capital de terceiros é usado por uma empresa em relação aos seus ativos totais, maior é sua alavancagem financeira.

 

Portanto, os profissionais que pretendam exercer cargos na Administração de Empresas, necessitam de muitos conhecimentos sobre Contabilidade, Finanças, Controladoria, Custos e Informática, para bem exercerem a profissão e, certamente, a apresentação de um diploma de conclusão não é suficiente.

 

(*)Prof. MSc. João Baptista Sundfeld, economista, contador, pós-graduado em marketing, coach, mestre em educação e sócio da Sundfeld & Associados – Gestão Empresarial. Site – www.sundfeld.com.br - Cel. 9991.3529

 

Contato

Nívio Terra - Advogado de Negócios e Consultor Pessoal
nivio@PortaldoSocioedaSociedade.com.br
nivio@terracpe.com.br

Credite a fonte

O CONTEÚDO DO PORTAL DESPERTOU INTERESSE, COPIE, MAS CREDITE A FONTE. SUA ÉTICA SERÁ O FISCAL DESTE PEDIDO.
Copyright 2011 O QUE É CAPITAL DE GIRO LÍQUIDO? - Prof. MSc. João Baptista Sundfeld (*) - Joomla