Meu Sócio, Meu Amigo – Como Evitar Atritos Societários – 54 – SEPARAÇÃO - UM DIVIDE O PATRIMÔNIO E O OUTRO ESCOLHE. VALE?

Imprimir
Categoria: E-book

SEPARAÇÃO -
UM DIVIDE O PATRIMÔNIO E O
OUTRO ESCOLHE. VALE?

Ouço com frequência, quando sócios decidem se separar, que a forma mais justa é:

a) um deles (ou um grupo) criar pacotes equivalentes separados, relacionando ativos e passivos da empresa,

b) deixando para o outro (ou o outro grupo) escolher o que deseja para si.

Não nego o sentido ontológico ou de igualdade consubstanciado na justiça da sistemática cogitada.

Na prática a história é outra.

Tenho participado de discussões intermináveis e causadoras de grandes atritos, sobre a tal divisão de patrimônio.

Desenvolvo o TEMA, cogitando da aplicabilidade da metodologia apenas quando se trata de empresa cujo porte admita separar esses itens, com certa facilidade.

Os mais diversos argumentos são apresentados para dificultar a separação, sob a forma de criação de pacotes heterogêneos para serem escolhidos, com crítica especial à dificuldade futura de utilização dos bens arrolados.

A impugnação mais veemente, portanto, se prende à fórmula que foi utilizada para a feitura das relações, não permitindo que com nenhum dos agrupamentos de bens seja possível continuar o negócio, ainda que dividido e em escala menor.

A censura prossegue, sob a suposição de que o feitor da divisão não teria, realmente, intenção de autorizar a    existência das duas empresas.

Já tive a oportunidade de aconselhar a elaboração dessas relações por todos os sócios, cada qual com seu entendimento próprio.

A seguir, como conciliador, fui procedendo à divisão na presença das partes, mas nem sempre obedecendo religiosamente as listagens.

Outra forma seria a contratação de consultor especializado no negócio para, com as relações em mãos, montar novas listas, mais técnicas e independentes, sorteando-as quando não escolhidas por consenso.

Mas, nada é fácil, e não havendo espírito de transigência, o assunto irá para os tribunais e, aí, todos perderão mais, com certeza.




4 RESUMO DO TEMA

SEPARAÇÃO – UM DIVIDE O PATRIMÔNIO E O OUTRO ESCOLHE.

VALE?

n Separação – a forma mais cogitada: um divide o patrimônio em partes e os outros   
escolhem
n Dificuldade: pacotes heterogêneos que dificultam a vida futura
n Consultor especializado monta listas alternativas para sorteio
n Faltando transigência, todos perdem. 3



---------------------------------------

Próxima edição:
Meu Sócio, Meu Amigo – Como Evitar Atritos Societários – 55 – 01/04/2013
SÓCIO QUE SE RETIRA - COMPORTAMENTO
Período de publicação: a partir de 01 de ABRIL de 2013

Contato

Nívio Terra - Advogado de Negócios e Consultor Pessoal
nivio@PortaldoSocioedaSociedade.com.br
nivio@terracpe.com.br

Credite a fonte

O CONTEÚDO DO PORTAL DESPERTOU INTERESSE, COPIE, MAS CREDITE A FONTE. SUA ÉTICA SERÁ O FISCAL DESTE PEDIDO.
Copyright 2011 Meu Sócio, Meu Amigo – Como Evitar Atritos Societários – 54 – SEPARAÇÃO - UM DIVIDE O PATRIMÔNIO E O OUTRO ESCOLHE. VALE? - Joomla