Meu Sócio, Meu Amigo – Como Evitar Atritos Societários – 42 – BENDITAS REUNIÕES!

Imprimir
Categoria: E-book

BENDITAS REUNIÕES!

 

           Frases corriqueiras envolvendo a utilidade de reunião:

          – reunião é perda de tempo;

          – abomino reunião;

          – reunião, para ouvir meu sócio decidir o que quer?

          – reunião é só nhennhennhén; etc.

          Estou somente me referindo aos encontros feitos na empresa entre os seus comandantes.

          E as que sejam efetivamente

DELIBERATIVAS

e

PARTICIPATIVAS

          Para as assembléias cujas conclusões sejam apenas homologatórias de decisões tomadas por quem detém o correspondente poder, basta comparecer por procuração.

          Salvo quando, por razões políticas, haja necessidade da claque.

(Aurélio – Claque: S.f. 1.Teat. Grupo de pessoas combinadas ou contratadas para aplaudirem ou patearem num espetáculo. 2. P. ext. Grupo de admiradores ou seguidores de alguém. 3. Chapéu alto, de molas).

(Nota do Autor: para escolha do leitor no caso concreto).

           Socorro-me da diretiva utilizada pelo SEBRAE:  

           As reuniões de trabalho são complicadas e muitas vezes estafantes. Embora importantes em dadas situações, elas tendem a se prolongar e tornam-se improdutivas.

........................................

            Em alguns momentos, porém, tais encontros são indispensáveis, por exemplo, quando ocorre alguma mudança de rumo no planejamento estratégico, quando se decide pôr um programa em prática ou criar novo produto ou serviço.

            Os dirigentes nessas oportunidades harmonizarão pontos de vista, para que a empresa tenha uma diretiva única. Todos com o mesmo discurso.

            É sabido que quem conta um conto aumenta um ponto (ou diferencia o conto). O contato coletivo evita as distorções.

            Para o público ouvinte (clientes, empregados, fornecedores, mídia, etc.) a unidade de transmissão das novidades, de uma forma monolítica, acarreta credibilidade e evidente prestígio.

             Demonstra que a empresa está perseguindo caminhos seguros, com a direção unida.

             Atenção para o detalhe. Quando se defende uma orientação e sendo ela aceita, parece que

somos convidados a trazer mais e mais argumentos, como que antevendo futuras contestações. Ora, se já foi aceito, não se torna necessário continuar no assunto.

             A repetição se torna enfadonha, cansativa.

             Tenham os dirigentes paciência nas reuniões, especialmente quando convocadas com pauta determinada, ainda quando pareça que nada merece a perda de tempo.

             A necessidade deverá ser aquilatada na ocasião.

             Não prejulguem a desvalia da ordem do dia e procurem, cada qual por sua vez, prestigiar a assembléia, não sendo prolixos e indo direto aos assuntos. Não me oponho que se inicie à brasileira, com uma piada.

              A atenção aos quesitos é sinal de respeito ao companheiro que pretende conhecer as idéias do grupo para que possa ser tomado o melhor caminho.

              Todos, em certo momento, têm as suas dúvidas próprias, que desejam ver esclarecidas.

              Melhor o debate plural do que a decisão unilateral.


4            RESUMO DO TEMA

     BENDITAS REUNIÕES!

 

n                 Reuniões são envolvidas em descrenças

n                 As válidas são aquelas deliberativas e participativas

n                Para assembléias homologatórias, basta comparecimento por

                  procuração

n                Embora estafantes, o SEBRAE diz que podem ser indispensáveis

n                De reuniões bem produzidas resultam harmoniosos pontos de vista

n                Quem conta um conto aumenta um ponto (ou o diferencia). O contato coletivo  

                 evita as distorções

n               Assunto aprovado não necessita de outros argumentos. A repetição se torna

                 cansativa

n               Não se deve prejulgar a desvalia da ordem do dia

n               Melhor o debate plural do que a decisão unilateral.3

 

-----------------------------

                 .

Próxima edição:

Meu Sócio, Meu Amigo – Como Evitar Atritos Societários – 43 – 01/12/2012

SÓCIO NÃO SE VISITA ou INTROMISSÃO NA PRIVACIDADE

Período de publicação: a partir de 01 de dezembro de 2012

 

Contato

Nívio Terra - Advogado de Negócios e Consultor Pessoal
nivio@PortaldoSocioedaSociedade.com.br
nivio@terracpe.com.br

Credite a fonte

O CONTEÚDO DO PORTAL DESPERTOU INTERESSE, COPIE, MAS CREDITE A FONTE. SUA ÉTICA SERÁ O FISCAL DESTE PEDIDO.
Copyright 2011 Meu Sócio, Meu Amigo – Como Evitar Atritos Societários – 42 – BENDITAS REUNIÕES! - Joomla