Meu Sócio, Meu Amigo – Como Evitar Atritos Societários – 34 – SUPERANDO AS INTOLERÂNCIAS NA BUSCA DO SUCESSO

Imprimir
Categoria: E-book

                                                                                   

SUPERANDO AS INTOLERÂNCIAS NA BUSCA DO SUCESSO

As posições intolerantes não levam a nada. Vale cogitar de alguma solução.

Por vezes, a simples divisão de tarefas, cada qual se aplicando na área que aprecia, atenua – e mesmo soluciona – aquela discordância inicial.

Quem gosta daquilo com que trabalha nunca precisará trabalhar um dia sequer na vida.

É ponto comum que quem esteja fazendo o que não lhe apetece comete erros em maior profusão, e, pelo princípio da sobrevivência, procura transferi-los ao terceiro mais próximo, que é o seu sócio.

Difícil ao ser humano reconhecer a própria culpa, ainda mais quando existem outras paixões incluídas nesse contexto.

O ideal seria a tomada de cuidado maior quando da formação da sociedade, debatendo os parceiros, desde logo, as dificuldades pessoais e de mercado que encontrarão pelo caminho, comprometendo-se a resolvê-las pela concórdia.

Nos classificados inseridos na mídia, salvo raras exceções, não constam os requisitos desejáveis quando se buscam parceiros. Salvo a indicação superficial do tipo da empresa ou o capital novo procurado. Até por questão de espaço e gasto.

Será que, nas entrevistas pessoais subsequentes ao anúncio ocorrerá a devida franqueza, de ambos os lados, com efetivo intercâmbio dos anseios de cada parte?

Se o negócio não for apresentado com clareza, difícil apurar um bom resultado. Pode até ocorrer o fazimento do contrato, mas o seu desfazimento surgirá rapidamente.

O emocional precisa ser balanceado com o racional para correta análise do empreendimento e redução dos percalços que, certamente, sempre surgem.

Pois bem, como no início tudo é festa, usualmente deixam de debater certas questões, achando que é na ocorrência das chuvas e trovoadas que se deverá procurar o guarda-chuva.

É tese respeitável, desde que tenham a devida capacidade de compreensão para resolverem suas divergências, antes que venham a causar danos ao grupo.

Ou, no mínimo, tenham o cuidado de se cercar de auxílio exter-
no para obtenção de diretrizes e aconselhamentos apropriados.

Em certos momentos da vida empresarial, o líder precisa manifestar suas apreensões a uma pessoa de sua confiança, como, também, as perplexidades em que se encontra, a fim de serem estudadas para o encaminhamento de soluções.

Um debate profissional, que não desnatura a liderança do empreendedor, demonstrará que a problemática surgida não tem o alcance pressentido e é de razoável solução. Ou, ao contrário, ela é efetiva e o caminho precisa ser modificado.

É sabido que a pessoa não ligada diretamente à questão, e sendo experiente na área, visualiza outros ângulos, por vezes mais amenos e que não foram anteriormente cogitados. O bem-estar da sociedade e os resultados conseqüentes valem a luta dos seus líderes.

Os empreendedores devem ter a consciência de que, na verdade, o essencial é a empresa; ela precisa ser mantida sem maiores rusgas entre seus dirigentes.

Basta pensar que é da prosperidade que se recolhem dividendos na área competitiva dos negócios.

O sucesso da sociedade será o sucesso de seus sócios.

 

 

4          RESUMO DO TEMA

 

       SUPERANDO AS INTOLERÂNCIAS NA BUSCA DO SUCESSO

 

n                Posições intolerantes dos sócios nada de bom produzem

n                A divisão de tarefas soluciona a discordância inicial

n                Quem faz o que lhe apetece, reduz o seu erro

n                Quem erra, geralmente busca refúgio na acusação infundada a terceiros

n                Os classificados na mídia procurando sócio não cuidam dos requisitos  

                desejáveis para  integração de parceiros

n                O emocional precisa ser balanceado com o racional

n                Estudo da questão com o auxílio de consultor externo costuma contornar

                desavenças

n                O sucesso da sociedade é o sucesso de seus sócios3

 

---------------------

Próxima edição:

Meu Sócio, Meu Amigo – Como Evitar Atritos Societários – 35 – 11/09/2012

O MERCADO É UMA GUERRA – SÓCIOS, UNI-VOS!

Período de publicação: a partir de 11 de setembro de 2012

Contato

Nívio Terra - Advogado de Negócios e Consultor Pessoal
nivio@PortaldoSocioedaSociedade.com.br
nivio@terracpe.com.br

Credite a fonte

O CONTEÚDO DO PORTAL DESPERTOU INTERESSE, COPIE, MAS CREDITE A FONTE. SUA ÉTICA SERÁ O FISCAL DESTE PEDIDO.
Copyright 2011 Meu Sócio, Meu Amigo – Como Evitar Atritos Societários – 34 – SUPERANDO AS INTOLERÂNCIAS NA BUSCA DO SUCESSO - Joomla