Homenagem. Luís Álvaro – Presidente do Santos Futebol Clube

Imprimir
Categoria: Dicas e Fatos

No dia 19 de março de 2012, na Reunião Empresarial realizada pela Fiabci/Brasil, Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro, presidente do Santos Futebol Clube, também presidente da Adviser Consultores de Propriedades, proferiu excelente Palestra sob o tema:

OS DESAFIOS DE GERIR UM CLUBE DE FUTEBOL COM MARCA GLOBAL

Em homenagem a Luís Álvaro, Ricardo Yazbek, vice-presidente do Secovi-SP, ex-presidente da Fiabci/Brasil e da Fiabci Mundial para as Américas, apresentou o Currículo do palestrante:

Aos 16 anos de idade, Luís Álvaro participou de sua primeira eleição. Foi eleito presidente da União dos Estudantes Secundários Paulistanos com mais de 39 mil votos.

Com 20 anos de idade, foi nomeado Oficial de Gabinete do Ministro da Educação e Cultura, Paulo de Tarso Santos, mudando-se para Brasília e participando de uma equipe que contava com nomes, entre outros, como os de Herbert José do Sousa (Betinho, o famoso irmão do Henfil), o poeta e jornalista Ferreira Gullar, Luís Olavo Batista (representante do Brasil na Organização Mundial do Comércio, na Suíça) e muitos outros. Na ocasião, foi nomeado Técnico em Assuntos Educacionais do MEC, cargo que ocupou por 30 anos.

Iniciou suas atividades profissionais em 1965, quando fundou a Forma Nova Propaganda, empresa de comunicação que teve clientes como a Sharp, Gradiente, Comind, Fundação Getúlio Vargas, etc.

Como consequência desta atividade, acabou por ser convidado para representar em São Paulo a Bolsa de Imóveis do Rio de Janeiro, antiga e conceituada empresa de avaliações, fundada em 1939, e dirigir sua sucursal de São Paulo por 9 anos.

Em 1973, com um grupo de profissionais, fundou a EMBRAESP, da qual foi sócio e diretor até 1981.

Neste ano, assumiu a direção no Brasil da Richard Ellis, a mais antiga e reputada companhia de consultoria imobiliária do mundo, sendo o primeiro diretor latino da história desta empresa, de mais de dois séculos de existência.

Em 1983, assumiu a Diretoria de Patrimônio do Banespa (governo Montoro) e, em seu mandato de 4 anos, foi responsável pela reforma, implantação e construção de mais de 100 agências em todo o Brasil. Utilizando sua experiência de marketing imobiliário, conseguiu alienar, em cerca de um ano, todas as propriedades ociosas que pesavam no balanço da instituição financeira.

Ao final de seu mandato na diretoria do banco, fundou a Adviser Consultores de Propriedades, no segundo semestre de 1986, empresa de aconselhamento com atuação nacional, que preside há mais de 20 anos.

Logo após, em 1987, foi convidado pelo Ministro da Fazenda Luiz Carlos Bresser Pereira para assumir a Chefia de seu Gabinete em Brasília, cargo que ocupou até o início de 1988.

Atuou, ainda, como conselheiro da comitiva brasileira que participou da reunião anual (1987) do FMI e do Banco Mundial, em Washington DC.

Em 1988, convocado pelo Presidente do Banco Central, Fernando Milliet de Oliveira, assumiu o cargo de Diretor Administrativo do BACEN.

Foi diretor da FIABCI- Federação Internacional das Profissões Imobiliárias, do ILAM - Instituto Latino Americano, do IBEAC - Instituto Brasileiro de Estudos e Apoio Comunitário e do CRECI- Conselho Regional dos Corretores de Imóveis.

Participou de diversas empresas e instituições como membro do Conselho Monetário Nacional, do Conselho de Administração do SERPRO – Serviço de Processamento de Dados da União, do Conselho Nacional de Turismo, da Cia City de Desenvolvimento, do Conselho Sobre Destinação Social da Política de Terras do Governo do Estado de São Paulo, do Conselho de Clientes da TAM, da Cruzada Pró-Infância e do Santos Futebol Clube por 17 anos ininterruptos.

Proferiu dezenas de palestras e conferências, destacando-se as realizadas nos 35º e 36º Congressos Mundiais da FIABCI - Federação Internacional das Profissões Imobiliárias, em Londres e Roma; no IBAPE - Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia; na ASBACE - Associação de Bancos Comerciais Estaduais; na ABRAPP - Associação Brasileira de Entidades Fechadas de Previdência Privada; na Escola Nacional de Habitação do BNH; no CRECI-Conselho Regional de Corretores de Imóveis, etc.

Ministrou aulas, como professor convidado, no Programa de Educação Continuada da Escola de Administração de Empresas da Fundação Getúlio Vargas.

Recebeu do Presidente da República, em 1987, a Comenda da Ordem do Mérito Aeronáutico, no grau de Comendador.

Em 2011, Luís Álvaro recebeu o Grã Colar da Ordem Nacional do Mérito Futebolístico, honraria outorgada pela Federação Paulista de Futebol.

Em 2009, com 64% dos votos, foi eleito presidente do Santos FC. Em sua primeira gestão, terminada em dezembro de 2011, conquistou dois títulos paulistas, uma inédita Copa do Brasil e o tricampeonato da Libertadores, esperado há 48 anos pelos santistas. Fora de campo, colocou o Santos em um novo patamar de respeitabilidade no mundo, sendo objeto de interesse midiático dos mais importantes veículos de comunicação do planeta.

No dia 3 de dezembro de 2011, foi reeleito presidente do Santos FC com 87% dos votos, na votação que registrou o recorde de comparecimento de eleitores no Clube – aproximadamente 4 mil.

Por reconhecimento a seu trabalho, foi designado pela Fifa como membro do Comitê organizador da Copa do Mundo de Clubes da entidade.
4444444444444444444444444444444444444444444444

Contato

Nívio Terra - Advogado de Negócios e Consultor Pessoal
nivio@PortaldoSocioedaSociedade.com.br
nivio@terracpe.com.br

Credite a fonte

O CONTEÚDO DO PORTAL DESPERTOU INTERESSE, COPIE, MAS CREDITE A FONTE. SUA ÉTICA SERÁ O FISCAL DESTE PEDIDO.
Copyright 2011 Homenagem. Luís Álvaro – Presidente do Santos Futebol Clube - Joomla