E a família também tem vez...

Imprimir
Categoria: Dicas e Fatos

Marido Imortal: como não participa de qualquer Academia de letras, não se julgue como tal. Já basta a dor da sua ausência física. Reduza as dificuldades acarretadas à família pelo desconhecimento da sua vida negocial.
Mesmo desejando resguardar sua privacidade, existem fórmulas simples a serem aplicadas.
  
• Por exemplo: Pegue uma folha de papel e divida pela metade vertical. De um lado, anote o objeto/assunto que quer tratar; do outro, indique a providência cabível, a pessoa a procurar ou o local a pesquisar. E, assim por diante. Depois, indique a dois amigos (ou ao cônjuge, ao filho, ao amigo etc.) onde esse material poderá ser encontrado; não é interessante deixar em mãos deles, já que você poderá desejar alterá-lo.
              
• Outra fórmula: testamento cerrado. Deve ser manuscrito, pessoalmente, e levado a um Escrivão de Notas (é aquele que lavra escrituras). Aconselhável consultar, previamente, seu advogado sobre questões legais, a fim de não invalidar o trabalho. Esse testamento é “cerrado”, fechado na sua presença e de testemunhas, mas sem leitura do texto. Logo, a privacidade é total.

• Assim, com total facilidade e mantidos seus mais íntimos interesses, a família ficará protegida.

Observação especial: certamente o seu advogado de confiança poderá melhor orientá-lo.

Contato

Nívio Terra - Advogado de Negócios e Consultor Pessoal
nivio@PortaldoSocioedaSociedade.com.br
nivio@terracpe.com.br

Credite a fonte

O CONTEÚDO DO PORTAL DESPERTOU INTERESSE, COPIE, MAS CREDITE A FONTE. SUA ÉTICA SERÁ O FISCAL DESTE PEDIDO.
Copyright 2011 E a família também tem vez... - Joomla