A função do executivo VIP – Um ensinamento de Coaching

Imprimir
Categoria: Coaching

                      Como quase todo o mundo sa­be, um executivo pratica­mente não tem o que fazer, a não ser decidir sobre o que deverá ser feito e mandar alguém fazer, para então ouvir as razões pelas quais isso não deveria ser feito, ou que deveria ser feito por outra pessoa, ou de maneira diferente.

 

Enfim, cabe ao executivo:

 

fazer o acompanha­mento para verificar se a tarefa foi feita;

 

■ descobrir que não;

 

■ indagar por quê;

 

■ ouvir as desculpas da pessoa que a de­veria ter feito;

 

fazer novamente o acompanhamento para verificar se, afinal, a tarefa foi feita;

 

descobrir que sim, mas com erros;

 

indicar como deveria ter sido feita;

 

concluir que assim como deve ser feita, ela bem que poderia ser deixada como está;

 

■ ficar imaginando se não é tempo de despedir alguém que não consegue fazer nada certo;

 

■ refletir que ele tem mulher e fi­lhos e que certamente seu sucessor séria tão ruim quanto    

   ele, se não pior;

 

admitir como tudo teria sido me­ lhor e mais simples se ele mesmo a tivesse feito de uma vez;

 

refletir com tristeza que ele a teria feito corretamente em vinte minutos e, no fim das contas,

    per­der dois dias para descobrir co­mo é que alguém consegue gas­tar três semanas para    

    fazer tudo errado.

 

(The Official High-Flier’s Handbook, de Philip Jenks, Jim Fisk&Robert Barron e também na revista Exame, de 20 de novembro de 1996)  - Extraído da newsletter POR DENTRO nº 4 – outubro/novembro/ dezembro 96

Contato

Nívio Terra - Advogado de Negócios e Consultor Pessoal
nivio@PortaldoSocioedaSociedade.com.br
nivio@terracpe.com.br

Credite a fonte

O CONTEÚDO DO PORTAL DESPERTOU INTERESSE, COPIE, MAS CREDITE A FONTE. SUA ÉTICA SERÁ O FISCAL DESTE PEDIDO.
Copyright 2011 A função do executivo VIP – Um ensinamento de Coaching - Joomla