Business Coaching – Consultoria Pessoal ao Empresário-CPE – Sua aplicação

Imprimir
Categoria: Coaching

  A Consultoria Pessoal ao Empresário - Business Coaching - como é novidade, atrai várias indagações e são aqui reproduzidas e respondidas:

1 Quando é que o empreendedor e o executivo se percebem que necessitam dos serviços de Consultoria Pessoal?

Esta é direta e simples: quando, diante de seu espelho se questiona sobre dúvidas empresariais: como incrementar sua liderança; como potencializar o trabalho de seus executivos; como lidar com sócios, etc. Para essas hipóteses e resumidamente: a CPE é o espelho que fala!

2 Mas, apenas assuntos mais íntimos atende a CPE?

Negativo. O atendimento pessoal pode ser o primeiro passo para o consulente dar andamento a um negócio, à sua profissão. Pode ser o encaminhar de solução para um membro da família. A CPE procura mostrar  o óbvio de cada pessoa, ou fato, limitando, às exatas proporções, os pontos necessários e justificando soluções propostas. É sabido que a pessoa não ligada diretamente à questão, e sendo experiente na área, visualiza outros ângulos.

3 Seja mais claro, por favor.

A  CPE,  após  exposição  feita  pelo consulente, abre o debate, cria o brain-storming, a fim de extrair a dúvida real. E, daí, traça seus contornos, trazendo à tona a potencialidade do próprio interessado. E a CPE também atua - e disso não se afasta - como “ombudsman”, ou seja, não usa palavreado para agradar.

4 O titular da CPE presta o serviço pessoalmente?

Aqui está o “pulo do gato”. O serviço é fundamentado no tripé: personalíssimo, sigiloso e conclusivo. O titular atende pessoalmente, não revela quaisquer informações a terceiros, ainda que não sejam íntimas, salvo autorização expressa, e dá sua conclusão, até mesmo dizendo que não a tem. Mas, essa Consultoria não é aquela poção mágica do oeste americano: boa para calos, ótima para partos. O titular da CPE, em várias oportunidades se assemelha a um “clínico”, não na acepção médica, mas na de um conhecedor da técnica empresarial, diagnosticando a problemática do consulente e, não lhe cabendo concluir, aconselha o caminho a seguir: advogado, escritório de marketing, consultoria financeira, participação em grupos de análise empresarial (já existente no Brasil), de consultoria para empresa familiar, etc. Mas sempre aconselha total liberdade de escolha, por parte do Consulente.

5 Então o titular da CPE é um gênio, um sábio, ou um gozador de coisas sérias?

Esta veio pelo telefone, de pessoa que não quis se identificar, e obteve a seguinte diretriz: é um jovem (de cabeça) com mais de 70 anos, bem vivenciado em cerca de 50 anos diante de negócios empresariais. E que descobriu o isolamento de muitos empreendedores e executivos diante de questões sérias e sem interlocutores para debate franco e “livre de cobranças pessoais”.

6 Como é atendido o  serviço?

O Consulente pode se apresentar pessoalmente ou através de e-mail, quando, então, é ajustada a consulta preliminar; se for constatado não estar o assunto na alçada da CPE, essa circunstância será informada imediatamente, sem ônus. Se se tratar de assunto continuado, é apresentado projeto por hora/trabalho ou valor pré-fixado.

NÍVIO TERRA - CPE

Contato

Nívio Terra - Advogado de Negócios e Consultor Pessoal
nivio@PortaldoSocioedaSociedade.com.br
nivio@terracpe.com.br

Credite a fonte

O CONTEÚDO DO PORTAL DESPERTOU INTERESSE, COPIE, MAS CREDITE A FONTE. SUA ÉTICA SERÁ O FISCAL DESTE PEDIDO.
Copyright 2011 Business Coaching – Consultoria Pessoal ao Empresário-CPE – Sua aplicação - Joomla